O fiambre e a liderança


Em algum momento da nossa formação enquanto veterinários, passámos pelas aulas práticas na indústria transformadora de alimentos e consequentemente pela linha de produção do fiambre. Atrevo-me a dizer, que muitos de nós, pensaram que a partir daquela altura, jamais voltariamos a comer fiambre...

A verdade é que poucos queremos saber ou lembrar como é feito o fiambre. Só assim, podemos continuar a comê-lo.

O mesmo acontece com a liderança. Preferimos continuar a pensar que ser um líder de sucesso acontece sem aditivos e sem esforço. Desculpa perfeita para continuar a não fazer o que é preciso para atingir aquele patamar que dizemos querer atingir e nos faria felizes.

Ouvir falar do que temos que fazer para chegar lá não nos cai muito bem...

É muito mais fácil acreditar na fórmula da moda, em modelos que colocam os nossos colaboradores em caixas para as quais temos estilos de liderança e comunicação standartizados.

Liderança é a capacidade de transformar os outros, para melhor, através da relação que estabelecemos com eles. Ser líder é ouvir das nossas pessoas "Sou uma pessoa/profissional melhor porque trabalhei consigo".

Para que esta transformação aconteça é preciso gostar das pessoas e estruturar relações que nos permitam alinhar a estratégia, a cultura e objectivos da empresa com as motivações, missão e valores de cada indivíduo.

É possível implementarmos no nosso dia-a-dia metodologias e processos que resolvam os problemas reais das nossas equipas e cumpram a estratégia ao mesmo tempo que dão significado ao trabalho quotidiano das pessoas, aumentando o seu compromisso e satisfação.

É eficaz e sustentável, mas dá trabalho.

E talvez por isso que muitas vezes preferimos continuar a comer fiambre.


Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Featured Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square